Vazou na net gostosa bebada gozando para tarado de boa vista – rr

25 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

25 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Vazou na net gostosa bebada gozando para tarado de boa vista – rr

Vazou na net gostosa bebada gozando para tarado de boa vista – rr

Continuei na mesma posição,em pé na cama,tirei meu pau da sua buceta e  coloquei novamente em seu cu que estava todo melecado e,por isso,entrou escorregando,falei para Leona me dar as mãos para brincarmos,no caso de o cachorro come a gata,fazia cara de tarado segurando suas mãos até que voltei a segurar sua bundinha e comia sem dó seu delicioso cuzinho,foi uma das melhores bundas que já comi,acelerei ainda mais os movimentos pois estava com muita fome(parecia um coelho),tirei a camisinha do meu pauzão e urrando comecei a gozar em seu buraquinho,foram 9 jatos bem fartos de porra branquinha que escorria por todo o seu corpo,ela pegava meu esperma de seu cú e de sua barriga e o levava até sua boca engolindo-o,nunca me esqueçi disso,sentei na cama e Leona pegou no meu pau que estava um pouco duro,quase ficando mole e começou a me punhetar,quando meu amigão ficou duraço,ela iniciou uma chupeta dos Deuses,eu já havia gozado muito mais ela me fez ficar com tesão de novo e disse:Você vai sair daqui bem satisfeito meu macho.

Montei em cima dele e mandei ver sem dó, ela gritava q o motel todo escutava, pedia pra não parar, e quando tava quase gozando ela pediu p mandar leitonho nos seus peixinhos q chupei p caralho, o tal do marido dela deve ter visto um monte de chupada. Chegamos ao sítio logo pela manhã,tomamos café e fomos para a piscina nos refrescar, Henrique estava com uma sunga meio laranja com umas listras e estampas vem diferentes, eu estava com um biquíni simples, porém que me deixava muito gostosa e ele percebeu isso, não parou de olhar e mexer no cacete.

Não queríamos qualquer pessoa, ate para nos preservar em todos os sentidos, mas também não tinha ninguém em vista,até que lembrei de uma amiga. Mas ele disse que tinha que ser devagar, que ela não sabia de nada e que tínhamos que deixar ela bêbada.