Vazou mais um video carla buceta grande rola na buceta e ela gozando com dedinho no cuzinho do esposo de serra do rj

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Vazou mais um video carla buceta grande rola na buceta e ela gozando com dedinho no cuzinho do esposo de serra do rj

Vazou mais um video carla buceta grande rola na buceta e ela gozando com dedinho no cuzinho do esposo de serra do rj

Quando eu vi que ela estava gemendo e gozando bastante e pedindo pra mim comer ela e estava muito excitada levantei tirei minhas roupas e penetrei meu pau na buceta dela com as pernas abertas em cima da mesa e comecei a fode ela que esta com a buceta bem apertada e muito gostosa, comecei a meter devagar depois eu comecei a meter com bastante força enquanto isso ela gemia e gritava “ me fode gostosa”, “sua rola é uma delicia”, “fode essa puta safada que o marido dela não quer”.

Ficou assim uns 5 minutos e Marina gozou de novo…E enquanto eu tremia os joelhos , suava em bicas , ia enfiando tudo que eu podia , e cada vez que eu enterrava um pouquinho mais naquele cuzinho super apertado , eu só queria cumprir o seu pedido quase desesperado:Marina me chupava e pedia para eu enfiar dois dedinhos em seu cuzinho.

"E quanto isso, a esposa dele se posicionava de frente a ela de pernas abertas para que minha esposa a chupasse com a mesma intensidade que ela havia chupado seu esposo, e então sem nenhum pudor ela o fez, levando a todos a loucura já que eu ao mesmo tempo era sugado por nossa amiga que entre respiração profunda causada pelo êxtase que minha esposa lhe provia e o ar para conseguir manter o ritmo.

Essa garota, que chamarei de Carla, era muito fogosa na cama e adorava falar de transas que teve com outros homens e pedia que eu falasse de transas que tive com outras mulheres, essas conversas nos deixavam mais excitados, aproveitando a deixa comecei a conversar com ela sobre a possibilidade de envolver uma terceira pessoa nas nossas transas. Realço aqui que são todos reais os meus contos…Estava eu hospedado num hotel da Serra gaucha, Caxias do Sul mais precisamente, hotel novo bem conceituado para pessoas de bom gosto.

"Eae galera sou novo aqui no site não fico muito aberto pra contar essa história porquê muitos me chamariam de psicótico e isso tudo mas tive coragem de vir contar para vocês, Eu tenho 17 Meu nome e Renan minha irmã tem 19 anos o nome dela e Allane e ela tinha namorado na época eu sempre tinha um pouco de tensão por ela nós somos os tipos de pessoas que normal ficar nus um de frente pro outro e nos dormíamos no mesmo quarto toda vez que ela passava nua para tomar banho eu ficava de pau duro quase saindo pela cueca eu gosto de mulheres um poucos peludas na xoxota e u ficava olhando pra ela e toda vez que ela tomava banho ela passava nua por mim eu já ficava duro e depois de um tempo ela começou a namorar e eu perdi as esperanças ela começava a se afastar mais de mim não ficava mais nua na minha frente até que um dia eu tava me masturbando com meu pau pra fora deitado na minha cama e ela chegou no quarto e abriu a porta eu me cubri rápidamente e ela saiu correndo do quarto no outro dia eu fui conversar con ela pedindo desculpas que deveria te fechado a porta do quarto até que ela mudou de assunto falando que achou meu pau grande e queria toca-lo eu me assustei e ela veio com a mão nas minhas calças e começou a me tocar falando no meu ouvido que tava molhadinha eu não me aguentei deitei junto com ela na cama pegando na xota dela sobre a calcinha dela até que ela tirou a calcinha e eu vi a bucetinha dela bem beçuda bem molhada pingando até que ela falou me lambe eu fascinado desci devagarinho e botei minha língua dentro da bucetinha dela e ela começou a gemer bem alto gritando pra mim enfiar minha rola bela eu coloquei nela sem camisinha sem nada ela começou a gemer mais e mais ela gritava vou gozar vou gozar ela começou a tremer gemendo e depois parou falou que tinha gozado e eu ainda não tinha gozado ela tirou minha rola da buceta dela e colocou a boca dela na cabeça da minha rola e minha rola toda suja da goza dela ela que depicia começava a ir para trás e para frente estava uma delicia até que não me aguentei e gozei na boca dela mas ela não reagiu como esperado ela jogou tudo pra fora mas não ficou chateada perguntou se eu gostei eu falei sim e até agoras algumas vezes quando estamos carentes nos fazemos.

Fui-me novamente para a agua, me lavei e fiquei vendo ela siriricar a buceta, rindo pra mim. Nao pensei duas vezes e comecei a chupa-los! No meio de minhas caricias, eu percebia que o seu grilinho cada vez mais inchava e crescia… procurava por minha lingua, ja implorava por ela! Foi ai que eu pensei… tenho que dar a ela prazer a tal ponto que ela ira se arrepender de nao ter me conhecido antes e por isso nao vai me rejeitar quando souber quem eu sou! Foi ai que dei inicio ao meu trabalho… primeiro estimulei o precioso grelinho, com muito carinho com o meus dentes, depois, de leve, encostei a ponta da minha lingua nele dando inicia ao ciclo das caricias! Primeiro lambia o seu clitoris bem devagar… mas a medida que aumentava o seu tesao e com ele os seus gemidos e suspiros, minha lingua ficava mais rapida se transformando num nervoso chicotinho! Minha lingua, com movimentos bem rapidos, atingia com forca e carinho os mais secretou pontos do prazer feminino! Estava mesmo disposta em satisfaze-la por isso mantive por mais algum tempo aquele cansativo ritmo! Quando percebi que aquele anjo estava com orgasmo eminente retirei a lingua de seu clitoris! Foi nessa hora que aquela bucetinha maravilhosa procurou por minha lingua! Voltei a chupa-la… mais uma vez quando ela ia gozar tirei a lingua, mais uma vez a sua grutinha me procurou! Continuei fazendo a mesma coisa por mais um tempo! Era uma loucura, eu nao deixava o meu anjo gozar! Tomei aquela atitude pois sei que desse geito quando o orgasmo finalmente chega… Pretendia manter o ritmo por mais algum tempo, porem em uma de minhas investidas meu anjinho nao aguentou e no meio de suspiros e gemidos, bem baixinho e com a voz amedrontada ela falou: “por favor, desta vez nao para, pelo amor de Deus!!! Vai ate o final, por favor!!! Meu corpo, que ja estava cheio de tesao, se incendiou mais ainda! Percebendo a tortuta que estava fazendo com ela, resolvi que aquela era a hora… e fui fundo!! Continuei a chupa-la, senti aquela buceta vibrante em minha boca me implorando por mais! Meu anjo gritava: AAAAIIII… NAO PARA,, NAO PARA…EU VOU… Claro que ela nao disse, mas eu nao parei e senti cada contracao de seu gozo, ali em minha boca! Seu gozo veio em ondas, ondas de prazer como eu havia planejado!!! E quanto mais ela gozava, mais eu a estimulava fazendo com que o seu prazer nao acabasse! Ela respondia aos meus carinhos gritando, se contorcendo, gemendo, chorando de prazer! Aquela cena, daquele anjo se debatendo em gozo, me deixou tao alucinada de desejo que acabei gozando tambem, junto com ela! Foi nessa hora que eu parei de estimula-la, pois nao consegui manter o ritmo por causa do meu gozo… mas foi bem na hora, pois ela ja estava esgotada de tanto gozar! Depois comecei a chupar cada gotinha de seu gozo! Depois dei-lhe um beijo na boca para dividir com ela o seu proprio gostinho, ela estava tao esgotada que nem sei como conseguiu me beijar! Passamos um tempo deitadas, abracadas, para que as nossas respitacoes e pulsacoes pudessem voltar ao normal.

Tudo aconteceu quando eu estava cuidando da casa do meu chefe, sempre que ele viajava nas férias eu cuidava da sua casa para tratar dos cães, no começo eu sempre ia sozinho, até no começo nunca pensei em nada relacionado a zoofilia, até um dia tudo mudou! Sem querer e movido pela curiosidade cliquei em um vídeo de zoo na net e fiquei vendo o cão lamber a buceta da mulher, fiquei maluco de tesão ao ver ela gozando na cara do cachorro, eu tinha que dar um jeito de um dia aquilo acontecer em minha vida, minha namorada na época se chamava Flavia, corpinho legal, seios fartos e uma buceta deliciosa, com o tempo comecei a falar do assunto com ela que no inicio achou nojento, o tempo passou e nos meses seguintes quando meu chefe viajou eu levei ela pra ir tomar conta da casa e dos animais comigo, foi lá que ela teve o primeiro contato com um labrador chamado “Ringo” lindo, branquinho, comecei a provocar ela na sala em que o cachorro estava deitado, deixando ela meladinha fiquei provocando muito, chupando, tive uma ideia! coloquei uma venda nela e e eu mesmo comecei a mamar no seu seio, depois chamei o Ringo que começou a sentir o cheiro dela até que foi lambendo muito a bucetinha dela sem parar, eu mamando no seio e o ringo na buceta, depois ela me chupando e o cão chupando ela, estava louco pra ver ele fodendo ela mas nao deu pq era um cão grande. Seu dedo médio, começa então a massagear meu cuzinho… aquilo estava gostoso demais.