Traindo no motel com o Professor

Traindo no motel com o Professor

Traindo no motel com o Professor

Ela estava sem calcinha, pois dava pra perceber que não tinha nenhuma marca atrás do short dela, que tava super apertado. O meu marido trabalha e fica o dia todo fora.

Sentindo a veias e cabeça vermelhinha. Depois da dorzinha inicial, me acostumei com aquele cacete e ele foi enfiando mais. OLÁ OLHA EU AQUI NOVAMENTE PARA CONTAR MAIS UM FATO VERÍDICO. E que venha sexta…-Essa tatuagem me deixa louco…Almoçamos. Ela tinha me confessado que o fazia gozar quase todos os dias e nas terças iam sagradamente ao motel, ela nunca havia assistido uma aula do tal curso. -Não…essxxxtá tu´bém!! Não devemos…dei-deixaar nosso…convidado…sozinho!Ruddi se sentia no sétimo céu!! A dona daquela belíssima e volumosa bunda encostada em seu penis, parecia que não se importava quando bem devagar ele apalpou um dos lados da nádega, dando apenas um longo suspiro. Depois de transarmos por um bom tempo, fiz ela gozar muito no meu pau(que sensação maravilhosa)continuei metendo sem dó,ficava mais excitado vendo minhas bolas batendo naquele bumbum(e que bumbum)depois de meter muito, gozei feito um cavalo naquela boquinha gostosa(que cena excitante) ver meu leite escorrendo por todo seu corpo,muito bom. Uma que não aceitaria ela me traindo e outra eu DUVIDO que ela também aceitaria.

E dois dias depois a professora fez a devolutiva. Sou branco, cabelos negros, olhos castanhos e faço academia. Me perguntou se eu poderia baixar um jogo que não fosse on-line no meu PC e passar o instalador pra ele.

Comentários feitos, ficamos ainda um tempo vendo os trabalhadores em ação, depois nos desinteressamos e fomos fazer algo mais interessante. No outro dia, acordamos cedo e todos fomos à praia, levamos água e comida para ficarmos lá, porém para não me queimar fui para casa descansar um pouco, minha prima e minha tia ficaram por lá, pois nunca tinham visto a praia. deve ta vendo coisa onde nao tem”"Conclusão: meu marido fez um escandalo, queria se separar e tudo mais, porém eu confessei a ele que gosto (e muito) de dar para outros homens, que adoro sexo e que nunca seria mulher de um homem só, mas que o meu amor verdadeiro era só dele e que por isso mesmo devia ficar feliz, e por ter uma esposa putinha na cama.