Siririca no banheiro da mulatinha novinha

4 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Siririca no banheiro da mulatinha novinha

Siririca no banheiro da mulatinha novinha

Minha tia apesar de coroa com 45 anos de idade deixa muita novinha no chinelo, 1,70 de altura, acho que uns 64kg que por sinal muito bem distribuídos, morena clara, cabelos negros e lisos até os ombros, um belo par de seios e uma bundinha bem empinadinha. E eu apenas me contorcia de prazer, sentindo como que uma carga pesada em mim ser libertada para o espaço sideral. Aos poucos a dor foi transformando-se em um agradável calorzinho, na medida em que fui relaxando ficou gostoso e eu comecei a sentir sensações novas, era a mesma sensação dez vezes maior que minhas solitárias siriricas, assim sem controle dei um longo gemido e papai voltou a carga. Ficamos conversando os 3 mais um pouco, mas não demorou 5 minutos e Renato apagou. Entrou no banheiro e viu o irmão, peladíssimo, com o pau gostoso, dentro da banheira, se enxaguando, parecia que já ia terminar o banho.

-Ahhh como é bom te comer minha tia putinhaaa…me dá essa buceta gostosa que eu quero acabar com ele hoje.

Em cima da cama dele, um jogo de meia calça 7/8 , calcinha, macacão de renda preta e uma peruca disposto como se fosse um convite… Nunca havia pensado naquilo.

Então o Tadeu levantou e agachou de novo na minha frente mandando ou gozar logo na cara dele pq a gente não podia demorar mais no banheiro. fui ensinando-a a pagar um boquete, ela até se engasgou algumas vezes, mas saiu chupando muito bem com aquela boquinhazinha. No caminho até o estacionamento, parei nua rua pouco movimentada, na porta de um edifício que estava fechado, e tirei o cacete pra fora e ela logo começo a chupar, ela chupa como uma puta profissional, algumas pessoas passavam e viam mas não paravam, não demorou muito e logo gozei dentro de sua boca. Marcamos a data, justamente num dia em que o marido dela não poderia vir e, durante a festa procuramos mantê-la sempre de copo cheio, nós também procurávamos ficar alegrinhos com a bebida, mas com um pouco de moderação, pois se algo desse errado, a culpa seria da bebida.