Sexo anal na academia com morena beldade

Sexo anal na academia com morena beldade

Sexo anal na academia com morena beldade

""tudo começa quando pegamos um dia de clube, bebemos um pouco ela mari 1,67 1,15 de bunda morena cabelo lisoroupas sempre curtas, depois de tomar um banho de piscina fomos ao vestiário tomar uma ducha, ela no femininoeu no masculino, depois de lavar o corpo todo fiquei esperando por ela que estava demorandofui ao vestiario chamei ninguem respondeu, entao depois de uns 5 minutos ela disse estou saindo, entao fuiesperar na mesa, e nada voltei ao banheiro ela nao estava respondendo, tomei a coragem de entrar ja que nao haviamuitas pessoas no chuveiro, fui abrindo as portas para ver aonde ela estava, entao vi um box que estavacom o chao de borracha preto ate branco de goza de macho, todo esporrado no chao, logo imaginei que ela pudesseestar transando com alguem, passei a mao na goza,ouvi a voz dela na porta do banheiro entao fui olhar ela estava despedindode um amigo, esperei para que pudesse ouvir mais ela foi em direcao a saida, entao fui atraz dela e chamei, quando ela veio puxei elaenfiei o dedo cheio de gozo no cuzinho dela, a gostosa estava com o cuzinho todo lasciado, levou a propia goza da transa dentro do cusinhosem saber, ao chegar em casa eu disse que havia enfiado um gozo de outro macho no cuzinho dela, a xota dela escorria de tanto tesao quando falava nisso.

mas o tesão que eu senti pela aquela beldade era tão intenso que estava prescintindo que eu faria coisas que até então não passavam pela minha cabeça… SEnti que ele passava muito as suas mãos na minha bunda.

Numa linda tarde , eu chegando do trabalho subindo as escadas pro segundo andar, eis que vejo um deus grego descendo pra academia , corpo sarado, peito largo , alto, cabelo pretinho, tinha acabado de sair do banho, gente era impossível não se existir com aquilo.

– Muito não, mas podemos tentar…Ela ficou impressionada com a técnica dele. Ele me segurou pelo bumbum, chupou minha xoxota com vontade. Tentei virar ela pra voltar a botar meu dedo nela, ai ela saiu quase correndo pra fora do curral.