Novinhas Maravilhosas Se Pegando No Banheiro

visualizações

68 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Novinhas Maravilhosas Se Pegando No Banheiro

Novinhas Maravilhosas Se Pegando No Banheiro

Teve um dia que fui conhecer florianopolis e convidamos este casal para ir conosco, porém o Carlos tinha um compromisso de trabalho e iria ter que ir a são paulo, mas insistiu para que sua namorada fosse dar um passeio, como minha esposa estava já super amiga da Fabiana achei até lega aquela maravilha ir junto, Partimos para lá cedo e chegando em Floripa que é um lugar muito lindo, fomos conhecer as praias que são maravilhosas, estava um dia de sol espetacular, e mais espetacular foi ver a Fabiana de biquine, que mulher gostosa e linda, para se ter uma ideia a praia parou quando ela tirou a roupa eu até fui dar um mergulho para esfriar, mas ficamos lá o dia inteiro curtindo tudo, depois fizemos um tour pela praias mais conhecidas e voltamos para casa.

Fui iniciada no sexo por meu próprio pai, o Dr Delço, um advogado muito respeitado e severo mas que na verdade é um safado comedor de novinhas, nada de pedofilia, meu pai como advogado não é otário, adora uma novinha desde que maior de dezoito anos. Eu faço faculdade, e um dia desses estava chovendo muito aqui na cidade, acabei pegando um taxi, porem eu estava muito excitada… Entrei no taxi, era um taxista coroa já, bem arrumado, dei uma olhada na mala dele, fui que queria ir para o centro da cidade, da minha faculdade até meu apt leva uns 10 min, com chuva levou uns 20 min por causa do transito e tudo mais, chegando na frente do meu prédio, eu fui pagar o taxista e faltou 5 reais, nisso ele disse que tudo bem, que ganhou o dia levando uma moça tão jovem e bela como eu… nisso eu bem safada como sou, estava louca por “algo” ehhehehe.

Me jogou pro lado e já foi subindo em cima de mim enquanto arrancava o vestidinho, eu mal tive tempo de tirar a roupa e ela já estava no meu pau, cavalgando como louca, fiquei impressionado ao ver seus peitos, nunca tinha reparado como eram grandes, ela nunca se vestia para os valorizar, ficavam pulando na minha frente e ela gemendo alto, aumentei a musica para meu irmão não ouvir e ela cada vez fazendo mais rápido, parecia que ia arrancar meu pau fora com as reboladas que dava, levei uns minutos para acreditar que minha priminha que era chata de tão certinha e odiava que falasse de homens era essa devassa na cama, melhor que muitas das mulheres que já comi, a coloquei de quatro, e fazia com força, ela mordia o travesseiro para não gemer muito alto mas mesmo assim fazíamos muito barulho e fiquei com medo de que nos ouvissem, já fazia horas que estávamos metendo sem parar, meu irmão poderia acordar e nos ouvir, a coloquei para chupar e quase gozei, ela chupa com gosto o pau, as bolas, faz tudo certinho, fizemos muitas posições até que a mantei ficar de quatro de novo e coloquei lubrificante (que deixo ao lado da cama tmb) no cuzinho dela, vi que ela deu uma retraída e falei para ela que íamos tentar devagarzinho, ela não se mexeu e eu coloquei com calma aos pouquinhos, ela não segurou e deu um grito de dor e mandou tirar, pedi para ela aguentar e ela falou mais alto tira agora, meu pau estava quase explodindo de vontade de gozar no cuzinho apertadinho dela, mas tirei como ela mandou, deitei do lado dela desanimado por ela ter negado e ela pediu desculpa, falou que nunca fez porque doi de mais, falei que tava tudo bem e fui ao banheiro ao lado do quarto, lavei meu pau por ter colocado por traz e voltei já mandei ela deitar que queria então meter com força até gozar na bucetinha dela, ela sorriu e obedeceu, fui fazendo cada vez mais forte e ela fazendo cada vez mais barulho até que ela começou a gozar, e vendo isso eu também não aguentei, vi que ia gozar e tirei esporrando na bucetinha, barriguinha peitos e até um pouquinho no rosto, parecia que não acabava tanta porra, ela ficou sorrindo com cara de safada enquanto me olhava e sentia meu gozo quente pelo seu corpo todo.