Novinha Semsualiza No Banheiro

Novinha Semsualiza No Banheiro

Novinha Semsualiza No Banheiro

Fiquei curioso, telefonei, marquei com ela.

Como tantos que só tomaram coragem após ler vários contos desta HP, eu tambémEntrei no banheiro e voltei vestindo uma camisola preta com uns decotes deixavam meus seios expostos e ele já estava de camiseta e de cuecas, e pude notar as pernas dele que eram uma loucura, fortes peludas e umas coxas sensacionais.

É um tanto curioso, pois Isabela alternava momentos em que parecia muito experiente com outros completamente desajeitados, mas ainda assim mantinha certa graça. Diante daquela cena a minha bucetinha começou a esquentar, ai eu fui obrigada a tirar a roupa e ajuntar se a eles, minha irmã me puxou e me deu um beijo na boca, sua língua enrolou se na minha e sugou com vontade, quando ela me largou, ela começou a rir e falou, caralho maninha que gosto de porra, para disfarçar do meu marido eu falei, mas a sua também esta com gosto de porra, ela riu e falou, como você não estava aqui, eu chupei o pau do seu marido e você chupou o de quem, sem me preocupar falei, pois é eu também chupei um pau muito gostoso, meu marido deu um tapa na bunda dela e falou, chega de conversa e vamos gozar, enquanto eu chupava a sua boceta ela chupava a minha e assim ficamos até que nós três gozamos, rebolando e gemendo, nem dava para saber quem de nós três gemia mais alto, depois desse dia a minha irmã veio morar na minha casa e nós dormimos os três na mesma cama e passamos a noite fodendo e se divertindo, agora somos um casal de três e de tanto chupar a boceta da minha irmã, hoje eu já estou pratica e experiente para chupar uma bucetinha e fazer ela gozar bem gostoso…. Sozinha, irritada e frustrada, eu fui para a sala e encostei-me no sofá. Gustavo puxou meu ombro me virando um pouco de lado e me beijou! Um beijo maravilhoso que fez o tempo parar.

Ela era uma raimunda novinha e bunduda.