No banheiro de casa gozada gostosa

46 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

46 seg

Categoria:

Tag: , ,

No banheiro de casa gozada gostosa

No banheiro de casa gozada gostosa

Lucia deu um grito, que a todos assustou na sala. A semana passou, Kelly começou a usar roupas mais curtas enquanto estava somente com o filho em casa, Gabriel notava o corpo da mãe todos dias, seu pau quase explodia.

Depois tomamos um banho bem gostoso de ducha.

Ao chegar la, assim que fechei a porta agarrei aquela gata e dei-lhe um beijo na boca!!! Com minha lingua explorava cada milimitro da sua boca! Ja estava com a minha calcinha molhada!! Ela interrompeu o meu beijo um pouco receosa! “O que houve?”-perguntei.

comDaniel: vc é muito gostosa Sayuri, nunca vi ninguém aguentar meu pau desse jeito…Fazia tudo que todo homem gosta, língua na cabeça, colocava tudo e dava aquela babada, aumentava e diminuía a velocidade e eu indo as nuvens!Conheci Liz em um bate papo na internet, ela era simpatica e a conversa andou bem desde o começo.

Como sabem, eu sou versátil… topo o que der vontade na hora dependendo do tamanho do tesão.

-Claro, tava morrendo de vontade mesmo. Gabriel afastou a calcinha de Angela para o lado e enfiou seu pau devagarinho nela, com carinho, com calma, centímetro por centímetro. – Desculpa, seu Kaplan…– Não tem problema, Adriana, isso acontece, chuveiros estragam, pode usar o meu banheiro, sem problemas. Quando ele saiu de cima de mim, eu pensei que ele já fosse parar, mas ele me colocou de quatro deu varias lambidas no meu cuzinho e depois socou o pau bem de varga, aquilo foi entrando lentamente e foi preenchendo o espaço vazio, eu comecei a rebola e ele começou a socar cada vez mais rápido, aquilo estava uma delicia, eu rebolava e gritava de tanto tesão, ele socava o pau no meu cuzinho e me chamava de gostosa e depois de muito soca, soca, ele deu uma gozada maravilhosa dentro do meu cuzinho, foi uma noite sensacional com muito amor e muito sexo. Ela me olhava de um jeito irresistível, os olhares que ela fazia davam a imaginar que ela, em sua mente, estava fazendo algo comigo.

E quando ela gozou, mordeu o travesseiro para impedir que um grito saísse de sua garganta.