Morenina no Boquete no Banheiro

1 min 37 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

1 min 37 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Morenina no Boquete no Banheiro

Morenina no Boquete no Banheiro

Passando a língua nos lábios grossos e manchados de batom verme1ho, a morena se virou com seu rabinho todo ensopado e passou a esfrega-lo em minha perna enquanto eu, com meu pinto de pedra, me acariciava sob o olhar provocativo da sua amiguinha, que lhe lambuzou o cuzinho.

Abaixou-se e abriu a calça dele, fazendo-lhe um demorado e molhado boquete.

Nosso socorrista,apesar de ser um coroa tinha energia pra noite toda. Patrícia recuperava-se do susto:– “Ah, seu puto, sacana… Olha só o que você fez, seu cabaço… nunca gozaram na minha cara antes, viado.

Quando entramos no carro pra voltar meu avô olhou pra mim e disse: – olha o que aconteceu hoje você não pode falar pra ninguém e todos esses presentinhos são uma compensação por ter feito o vovô tão feliz. Mas minutos depois eu já estava mudando aos poucos de posição, e ela já estava sentada “perfeitamente” em cima de mim.

Daniel sai do banheiro, senta-se do meu lado e fica calado me observando…"– Eu garanto que sou apto para o serviço. Após bebermos e comermos, a voz começando a ficar mole e o sorriso se estampar,começamos a falar bobagens.

Pude ver sua cara de choro e prazer, lacrimejando, começou a se punhetar quando jogava aquele cu no meu pau.

– Me come vai, nossa delicia demais … que piruzinho macinho que gostosoo– Já ta acostumando hein… agora vai ter novo dono– Vou sim essa bunda agora é sua come a vontade temos a noite todaa… ai aiEle meteu, e encaixando em mim e ficamos como homem e mulherzinha… fiquei de 4 de lado, de bruços… deixei ele fazer tudo.

– Mete com força, bem rápido… Goza dentro de mim, meu macho! Me engravida!"Daniel: vem cá, me mostra a bunda…Cheguei perto dele e me virei…"Aí, fui transferido para outro centro maior.

– Já me desculpei!! Agora, mocinha, pode me dizer seu nome?Nessa hora, meu pau estava duro, quase saindo para fora da calça por conta de dez dias seco no casamento, não resisti.

Então, num tom de brincadeira maliciosa, enfiei meu dedo na boceta, peguei um pouco do meu mel e dissolvi na taça de vinho dele.