Loira dando o cu

1 min 15 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

visualizações

1 min 15 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Loira dando o cu

Loira dando o cu

olhei prá trás e vi o safado quase encostando em mim sentindo o cheiro de pinga mi virei toda prá olhar ele e vi seu pau duro na bermuda e não pude deixar ficar olhando pra ela dura ele sem vergonha nenhuma falou ó como você deixou ela…. então segurei meu cacete duro por sobre o short`s e falei, olha como fico quando estou perto de você, você me deixa doido carina, eu preciso meter com você se não vou ficar louco, ela sempre repetindo as mesmas palavras dizia que não podia fazer aquilo com a irmã, fiquei em pé ao lado da cama, ela também se levantou e foi até a cozinha ver se vinha alguém, quando voltou pedi mais um beijo e fui correspondido, ela também estava louca por aquilo tanto quanto eu, mas por causa da irmã não conseguia se entregar, então puxei meu pau pra fora e pedi pra ela pegar um pouquinho, carina segurou meu pau e começou a punhetar gostoso, meu tesão foi a mil, meu coração disparava, eu não acrediva naquilo, que estava prestes a comer aquela que pra mim é a mulher mais gostosa do planeta.

ela lavou o rosto e ficamos nos beijando.

Levantou-se e ficou de pé, sobre a amiga, puxando a cabeça do namorado para o meio das suas pernas.

Por volta de 01:00 hr da manha volta a loira, bem mais embriagada que antes, ela para e fica olhando para o mar, chega perto de mim e pergunta se eu poderia dar uma olhada na bolsa e blusa enquanto ela iria no mar, respondo que sim, ela deu alguns mergulhos e logo após chega o cara que estava com ela e começam a discutir, reparei discretamente que devido ela estar totalmente molhada, tudo ficou transparente e não satisfeita ela ajeitava o que eu achava ser short e enfiava mais na bunda.

Afastei um pouco mais e encontrei o grelo, inchado pelo desejo que o dominava. ABRIMOS LUGAR E VIMOS UMA FILA DE CARAS QUE ESPERAVAM SUA VEZ PARA SER CHUPADO POR OUTRO GAROTO, MELISSA ESTAVA ENCANTADA COM TUDO QUE VIA. Peguei o pijama e a toalha e fui para a casa do seu Luiz, ele já estava de banho tomado e peladão andando pela casa, era uma delícia ver aquela sena, a pica dele mole devia ter um palmo. Agora, um motel de vez em quando… não fazia mal a ninguém!E, às vezes, nem precisava de motel… como naquele dia, em que ele a levou em casa, ao final das aulas e, ao chegarem, ela notou a ausência do carro da mãe na garagem.

– Ele sussurrava no seu ouvido com carinho, mordendo sua orelha em seguida. -Vamos jantar? – Falou para Biel enquanto ia até a porta.

A orelha também é uma zona erógena e no caso dela muito sensível.