Jovem Cabeleireira Fode Com Seu Namorado no Local de Trabalho e Grava um Pornô

Jovem Cabeleireira Fode Com Seu Namorado no Local de Trabalho e Grava um Pornô

Jovem Cabeleireira Fode Com Seu Namorado no Local de Trabalho e Grava um Pornô

Sou Gérson,tenho 42 anos,casado,2 filhos e trabalho como gerente numa grande empresa de eletro eletrônicos aqui no nordeste;a cada 2 anos é feita uma reciclagem empresarial com os gerentes de quase todo Brasil e neste ano foi escolhida a cidade de Belo Horizonte. , onde havia um local a ceú aberto onde poderíamos ensaiar.

Eu coloquei o meu celular para gravar o áudio porque meu namorado corninho queria ouvir tudo depois eu eu chegasse em casa! O Paulo começou a me pegar e me beijar, me encostou na parede, depois me virou e pegou na minha bunda e encostou o pau dele na minha bucetinha (fiquei tarada nessa hora).

rnQuando a cabeleireira, a costureira e a maquiadora saíram meu sogro então disse:rn-minha putinha vadia está linda vestida de noiva…sempre tive tesão de comer uma noiva antes do casamento e agora quero fazer isso…vem…putinha ajoelha na cama…vou te comer…bem gostoso…rnNa hr pensei em recusar…achei muita loucura…mas em segundos senti meu grelo latejar e toda safada levantei a parte de trás do vestido e fiquei de 4 na beira da cama e disse toda sensual:rn-vem…meu macho safado…tira o cabacinho da noivinha…vem…come sua putinha…bem gostoso…seu tarado!rnEle puxou a calcinha do lado e de uma sá vez meteu aquele pauzão grosso e duro na minha bucetinha…dei um gemido e sem pudor rebolei naquela pica deliciosa…meu sogro metia que nem louco e dessa vez não conseguiu se segurar e gozou como um cavalo…enchendo minha bucetinha de porra fervente…quase desfaleci de tanto prazer…aquela loucura me levara a uma excitação incontrolável e gozei copiosamente.

1 ano e meio depois ela se casou com um novo namorado.

Tudo começou graças a uma incrível coleção de revistas pornográficas que eu possuía. Meninas sabem apreciar o prazer oral.

Apesar da curiosidade que sempre me tomava, nunca tinha tido oportunidade de ir a um motel. A jovem que acompanhava a “sapatao” aparenteva uns 20 anos, nao era.