GOZANDO NA BUCETA DA CASADA

GOZANDO NA BUCETA DA CASADA

GOZANDO NA BUCETA DA CASADA

Vc acelerou e falou: muito gostoso seu carro, ainda mais sentindo sua boca mamando no meu peito e sua mão me masturbando tá go stoso demais essa sensação de perigoooo porqueeeee estouuuu gozandooooooo seu sacana, me faz gozar dirigindo, tá muito gostoso. Ela disse que sim, e naqueles papos vai e papos vem ele chamou ela pra sair ela disse que podia pensar no caso, quando ela me contou a historia já fiquei louco de tesão, e apoiei a saída dela com o rapaz, passou uma semana de papos bem safados com direito a pergunta:” quer que eu goze aonde em vc” e ela bem safada respondeu: quero tudo na boca. O padre concordou e disse_ faz assim, sempre que quiser pode vim deitar. Meu primo, obviamente viu meu interesse e falou. Eu – Não sabe q esta perdendo, ela riu. – Meu bem, acho que você terá de conversar com nosso vizinho, o Cláudio.

Depois sussurrou coisas como “Eu não via a hora de comer meu aluno preferido” que me deixaram mais excitado e um pouco envergonhado. E ela voltou com um lindo vestido e diz que esta usando a mesma calcinha e falei para ela levantar o vestido e na parte da frente da calcinha tinha a palavra (P) e na parte de trás uma letra (C) e perguntei o que é P e C e ela me explicou se alguém perguntar ela diria que P de puta e C que ela é casada e adora da o cu. A diabinha começou a gemer cada vez mais alto e então senti seu liquido fervente escorrer em minhas coxas.

Ele ensaiou uma cara de constrangimento dizendo. Ele, bravo, me disse que era impossível me perguntou “QUE PROBLEMA HAVERIA SE NOS DORMISSEMOS NA MESMA CAMA, AFINAL SOMOS MAE E FILHO”, não sei porque, tive um sentimento estranho, e percebi que rolaria alguma coisa.

Como já tinha tirado minha roupa antes de pular no box, já fui chupando aqueles peitos deliciosos dela e passando a mão pela buceta, que ela agora depilava.