Funk Pelada no Banheiro

49 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

49 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Funk Pelada no Banheiro

Funk Pelada no Banheiro

Continuei montado nela, bombando com força e a Eloisa chupando a bucetinha da sobrinha. Ele pensou que fosse por causa dele, mas não foi – respondeu.

De lá pra cá, minha vida virou um marasmo. Ficamos todos ao redor e de caralhos meia bomba;Meu sogro se aproximou,mandou ele abrir as bandas da bunda,olhou e falou ele não tem hemorroidas….

Pelada, sem toalha e toda molhadinha; como se fosse a coisa mais normal do mundo. Apesar de que aquela notícia mexeu comigo pelo restante da tarde e noite, não me sentiria bem se Caio e Ewerton entrassem em conflito, em agressão, por mim os dois seriam amigos, mas nem tudo é perfeito.

assim foi penetreia durante 3 minutos mas sem porra ainda era pequeno.

A Nicoli sabia o que estava fazendo, subiu em cima de mim de camisola, com os peitos pra fora e a bucetinha aparecendo, eu pensei que ela não iria me chupar, que iria sentar direto em cima do meu pau, mas ela começou a rebolar, esfregando a bucetinha dela, aos poucos ela foi me beijando e começou a descer com a boquinha rumo ao caminho da felicidade, chupou meu pescoço deixando uma marca para lembrar no outro dia, lambeu meus peitinhos e desceu até meu pau, foi quando os 30 segundos mais longos da minha vida começaram.

Depois de tomarmos algumas capivodcas e cervejas, quis ir ao banheiro.

– Isa ria com a cena, esquecendo a dor. Vi que o pau do Olímpio era pequeno, o do Durval era bem maior, do tamanho do seu.

Já vinha paquerando a Marina há bastante tempo. E acabou que lembramos de você e da Meg e do casamento aberto que vocês tinham. Abri a porta e ela começou a cantar parabéns. Foi movimentando minha mão de leve para cima e para baixo, era estranho fazer aquilo, te-lo em minhas mãos mas eu continuei movida pela curiosidade- e por gostar dele, querer ele, já nunca tinha falado o que sentia, no fundo eu achei que aquele contato mostrava que ele também gostaria de mim- continuei a toca-lo quando soltou minha mão, fiz por um tempo até sentir vibrar em minhas mãos e sujar tudo de liquido branco. E ela chupava minha vara com mais vontade ainda, fazendo movimentos de vaivém com a boca. Minha avó viajaria naquele dia para visitar alguns parentes e minha tia não gostava de ficar sozinha em casa. Está com roupas novas, mais curtas e justas, Márcia torce o nariz mas fica quieta.