Batendo uma punheta no banheiro da clínica

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Batendo uma punheta no banheiro da clínica

Batendo uma punheta no banheiro da clínica

Meus pais são casados, mamãe trabalha na nossa lanchonete e papai numa empresa, ele tem muitos amigos, e um de infância que por ironia do destino agora trabalha com ele depois de tantos anos, uma noite estava eu e papai numa clínica fazendo exames de rotina e esse amigo de infância e também colega de trabalho dele apareceu por lá, nos cumprimentou, foi a primeira vez que nos vimos, eu sou bem tímida, e eu achando que ele iria me dar “oi” de longe, ele veio até mim, e me deu um beijo na bochecha, e sorrio pra mim apertando minha mão, eu fiquei vermelha na hora, fiquei mais tímida ainda, eu achei que ele iria embora logo após isso, mas antes ele fez questão de dizer pro meu papai “Nossa cara, que filha linda,morena gata de mais”, e me olhou com cara de safado, na frente do meu papai que estava do meu lado.

Em dado momento ele saiu da mesa e foi ao banheiro, aproveitei e segurei a mão dela e conversei um pouco com ela a sós, quando ele voltou eu sai e fui a banheiro, pra deixar eles um pouco a sós também, quando voltei ele me propôs que saíssemos dali e eu disse que adoraria se ela também quisesse, ela disse que queria e saimos. Ela gozou pela primeira vez no meu pau e caiu do sofá tremendo. Quando meu cacete estava tudo dentro daquele cuzinho, olhei pro corninho que estava batendo uma punheta e disse “Você ainda DUVIDA da sua querida mulherzinha? “ Não duvido de mais nada.

Ainda meio tonto com o pau ereto , segurei a cadela pela coleira e levei para dentro do banheiro,fechei a porta, e comecei a bater punheta esfregando meu cassete nela. Expliquei que realmente eu era uma chata mas depois que me separei e que meu filho se mudou pra outra cidade por conta da faculdade eu resolvi voltar pra mim mesma e me dar a chance de ser feliz, experimentar coisas novas e diferentes. Os corpos se esbarravam o tempo todo.