Batendo siririca no chuveiro

Batendo siririca no chuveiro

Batendo siririca no chuveiro

Vou fazer uma confissão para quem está lendo este conto, nunca conheci um japonesa ou melhor uma mulher que gostasse tanto de sexo como ela…sem falar que não existia pudor, ela adorava o sexo oral, o tradicional, e quando descobriu as delicias do sexo anal não deixava de pedir uma vez se quer!!!arrebitado, do tipo popozuda e muito gostosa, seios médios e bem cuidadosdinheiro lá, diante da minha negativa eles enlouqueceram e ameaçaram nosDepois que os dois gozaram e eu terminei o café, fomos os três para debaixo do chuveiro, minha avó é uma prostituta profissional, pediu que eu meu irmão, metessem ao mesmo tempo nela, e ela ficou no meio dos dois netos, era três gerações numa transa bem animal, e aquela do chuveiro foi a ultima da noite, mas prometemos continuar de manhã.

Aquele seria o único momento em que ficaríamos sozinhos em casa e quando os dois saíram foi espiá-la pelo buraco da fechadura quando tive uma grande surpresa ! Ví minha tia com a calcinha arriada até em baixo e tocando uma gostosa siririca de cócoras na privada.

 A sensação das suas bolas batendo na minha bunda, ele me puxando pela cintura e enfiando com força o pau no meu rabo foi me deixando cada vez mais louca e fazendo eu rebolar cada vez mais empurrando meu traseiro contra aquela pica gostosa até que eu gozei pelo cu… gritando e gemendo e pedindo pra ele continuar me fodendo… Depois, sentindo que eu estava relaxada, começou a me comer mais com força, socando aquele pau duro no meu rabo todo melado de gel e tesão, segurava forte na minha anca, de vez em quando dava uns tapas na minha bunda e fodia… fodia e fodia. Já éramos muito íntimos, mas naquele dia ele fez algo que nunca haviafeito, em vez de me colocar ao seu lado, ele me colocou em seucolo, de lado e com as pernas em cima do sofá, rodeando-me os ombros com seu braço. Pena que ele não lhe dava bola!Foi com ele, olhou tudo na parte de baixo, gostou demais do que viu.